É possível trabalhar a auto-estima?

A auto-estima se refere ao modo como nos enxergamos. É a imagem e o conceito
que temos de nós mesmos. É extremamente importante que essa imagem seja positiva,
porque ela também diz sobre a forma que enxergamos o mundo

Uma baixa auto-estima pode se apresentar em quadros mais sérios, desencadeando
transtornos ansiosos e/ou depressivos. Alguns traços de uma baixa auto-estima:
• Insegurança
• Permissividade
• Pessimismo
• Excesso de autocrítica
• Tendência à relacionamentos destrutivos
• Intolerância à frustrações
• Sentimento de inferioridade
• Necessidade de elogios/aprovações
• Insatisfação constante

Como elevar a auto-estima?

Em primeiro lugar é necessário buscar um autoconhecimento, analisar pontos do passado
que contribuíram para essa sensação. A partir do momento que você começar a se aceitar
e aceitar a sua historia, você estará começando a construir sua auto-estima. Outro ponto
importante é entender que todos nós estamos sujeitos à erros e acertos, temos o direito de
falhar, e tudo faz parte do nosso crescimento.
Se cuide emocionalmente e fisicamente.
Pessoas com baixa auto-estima geralmente não tem domínio próprio, por isso buscam
cansativamente controlar determinadas situações externas. Então é importante trabalhar
a ansiedade e a necessidade de um imediatismo.
Esteja aberto(a) a mudanças, assim, você será mais flexível para consigo e com os outros.
Enfrente as situações que te causam medo, assim você aprenderá a superar os obstáculos.
Você não precisa agradar ninguém, então diga NÃO quando assim o quiser.
Descubra coisas que gosta de fazer e dedique tempo à elas.

Dentre todas as possibilidades, cores, formas, tamanhos e perfumes, você é
único(a). Por que acha que merece determinadas situações? Porque se sujeita a elas? Você
é bem melhor do que acredita e do que pode ver. Cuide de si e permita que o bem – estar
invada o seu ser. Não deixe que os outros escrevam a sua história por você.